Flamenquita

Lá no fundo da minha alma, de uma maneira bem presente, mora uma flamenquita. Aliás, essa foi a primeira dança que tive vontade de aprender e sei lá porque cargas d´água, a vida acabou me levando até a dança árabe e por aqui fiquei.

Quando entrei pro Grupo Kairós, em 2006, tive oportunidade de conhecer mulheres maravilhosas que faziam misturas incrivéis com a dança do ventre. E foi assim, nessa loucura criativa, que um dia, Cecília Sepúlveda e Simone Manta, duas kairetes lindas, começaram a nos dar aulas para dançarmos uma sevillana num espetáculo que Bela Saffe montou quando a Shaide Halim veio a Salvador.

Creio eu, que a execução dessa sevillana foi um dos momentos mais bonitos do Grupo Kairós e devemos muito a essa duas pessoinhas lindas que dividiram esse enorme potencial que têm para a dança flamenca conosco.

Depois da sevillana, muita coisa aconteceu. Cecília foi morar em Paris durante 1 ano e Simone ficou com o desafio de montar uma coreografia de rumba para o Grupo.

Outra delícia de morrer. Dançamos com muito amor, entrega, paixão e dedicação. Quando terminamos, Simone chorava, emocionada por ver um grupo de mulheres dedicadas à dança do ventre executando uma coreografia de rumba criada por ela. Foi outro momento lindo.

Bom, falei isso tudo pra dizer que dentro de mim há uma vontade irresistível de fazer aulas de flamenco. Só ainda não o fiz por dois motivos: não tem nenhuma escola que se preze no meu entorno (eu teria que me deslocar para bem longe) e, hoje, não tenho capital para investir.

Ao contrário do que minha amiga Aninha me disse outro dia, não tenho medo de acabar abandonando a dança do ventre pra me dedicar ao Flamenco. Se isso acontecer, é porque tinha que ser. Sem traumas.

Creio que chegará o dia em que poderei fazer flamenco. E vou ficar imensamente feliz, porque meu lado cigano não fala, ele grita!

No vídeo abaixo, a linda Cecília Sepúlveda dançando no Espetáculo Gawazee:

Anúncios

Sobre lorymoreira

Baiana, blogueira e apaixonada por música e dança árabe!
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , . Guardar link permanente.

5 respostas para Flamenquita

  1. Ket disse:

    Oi Lory!!
    Divido contigo a vontade. Há um tempo até escrevi um post sobre isso..sobre a vontade latente de dançar flamenco. Tbm não largaria a DV, mas não me responsabilizaria se a consequência fosse coloca-las no mesmo patamar na minha vida. 🙂
    Aqui no sul há um trabalho maravilhoso, do tablado Andaluz…meu sonho estar lá tbm um dia. Quem sabe.

    E concordo contigo: ‘…E vou ficar imensamente feliz, porque meu lado cigano não fala, ele grita!’

    E grita bem alto 😉
    Bjos!

  2. Vera disse:

    Esse post poderia ser bem um espelho do meu momento atual. Fiz 5 anos de flamenco, e não sei até hoje por que cargas dágua larguei para me dedicar só à DV. Coisa de cigano mesmo que vive largando tudo para trás, e cada hora está num lugar diferente. Mas tenho certeza absoluta de que voltarei porque uma vez flamenco sempre será, ainda que em um jeito de ser, de movimento de mãos ou de olhar… para minha sorte esse semestre minha prof montou uma coreo de flamenco árabe, que vamos dançar no final do ano, nem preciso dizer pra ela que estou nas nuvens, minha empolgação é evidente!
    Vcs estão mui lindas dançando as sevilhanas e a outra coreo também. Famenco assim como a DV também encanta pela variedade de ritmos. Bjos!

  3. Oi Lory!!!

    Acabei de chegar dos correios. Não enviei os DVDs antes porque na segunda eu não tinha terminado de gravar e na terça e na quarta meu marido teve crise renal, e estou correndo ainda com ele pra hospital.

    Peguei o maior chuvão na hora do almoço, mas pelo menos deu certo.

    Mandei via PAC mesmo. O nr. de rastramento é: EC450279898BR.

    Desculpe mais uma vez pela demora.

    Um beijo

    Verinha

  4. Ket disse:

    Ah tenho vídeos sim, estou esperando os do último festival pra postar!
    bejitos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s