Escolhendo o que dançar

Eu dançando Daret el Ayam

Eu dançando Daret el Ayam

Então, meninas… não sou uma bailarina profissional e, tão pouco, tenho uma agenda recheada de eventos, por isso, quando tenho que fazer um solo,  escolher a música é sempre um processo – porque não basta que seja boa, é preciso que seja especial.

Dia 21 e Novembro dançarei na festa dos 15 anos de dança de Bela. A princípio a idéia era fazer uma festa mais íntima, mas o evento acabou tomando outros caminhos e agora terei a responsabilidade de dividir o palco com pessoas como a Luana Mello, Fernanda Guerreiro e Kilma Farias.

Não vou dar pra trás. Dançar nesta festa significa agradecer a Bela por cada batida de quadril que tenho dado de 2006 pra cá, quando encarei uma triste saída da minha primeira professora de dança do ventre e a sensação de que eu não tinha o menor jeito pra dançar.

Não sei quanto as outras pessoas, mas eu, particularmente, tenho muito que agradecer a Bela – e não encontro maneira melhor de fazer isso do que devolvendo a ela aquilo que aprendi – a expressar meu amor através da dança.

Enfim… tudo isso é pra dizer que eu tinha pensado em dançar um saidi com bengala, mas que, apesar de minhas tentativas, não encontrei nenhuma música que tivesse mexido com meu coração a ponto de dizer – é essa!

Teve até uma música muito boa, mas ainda não era isso. Talvez não fosse o momento do saidi…

Depois fiquei pensando nisso e me dei conta que o tahtib tem o lance de ser uma dança de origem guerreira e masculina e acho que o que meu coração precisa é de algo mais meloso, alegre e comemorativo. Quem sabe um baladi?

Tá… vocês podem dizer “ah, outro baladi?”, mas o que eu posso fazer se é a isso que meu coração responde com mais intensidade? É com esse tipo de música que tenho certeza dos motivos pelos quais continuo estudando dança árabe?

Gostaria de que meu coração fosse mais geminiano, mas ele teima em ser fiel a certos amores! Rs!

Bom, estou paquerando o baladi do Gamal, mas ainda é uma paquera, embora todas as células do meu corpo já digam sim, sim, sim!!

O problema de quando a gente dança poucos solos é que a exigência de que ele seja extremamente especial é tão grande que as vezes isso dificulta a gente de ver que até o simples fato de ficar em dúvida com relação às músicas é gostoso.

Eu gosto dessa etapa, dessa indefinição temporária porque ela abre diversas frentes de possibilidades – uma gama de músicas que tocam na alma e aumentam o repertório para futuras escolhas e novas altenativas.

Vou ficar estudado, dançando e experimentando. Depois, dou notícias a vocês!

Anúncios

Sobre lorymoreira

Baiana, blogueira e apaixonada por música e dança árabe!
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

5 respostas para Escolhendo o que dançar

  1. Elaine disse:

    Oi lindona, te entendo perfeitamente.
    Na verdade, mesmo quando se faz mais shows e eventos, escolher o repertório é sempre um momento delicado, justamente porque precisam ser “especiais”, afinal a gente dança com o coração né mesmo?
    Dá uma certa agonia pensar que vai ser só uma não é, afinal logo de pronto já dá para tirar uma listinha de três ou quatro que seriam uma delícia de dançar.
    O baladi do Gamal é uma escolha maravilhosa, tenha certeza de que se optar por ele será uma experiência divina, experiência própria!
    bjocas

  2. Samara disse:

    Sei bem como é isso. Até já me lasquei por escolher uma música tão especial, mas tão especial, que eu não soube dançar.
    Dance baladis o quanto quiser. Baladi é uma música de coração. O mundo fica mais bonito com mais baladis bem dançados.
    Beijocas.

  3. Natasha disse:

    Oi!

    É bem complicado escolher uma música para dançar, pelo menos pra mim é, uahahua
    Também acho que a música precisa tocar nosso coração, só assim dançaremos com paixão, transmitindo emoção e fazendo com que as pessoas se emocionem também.

    Beijinhos!

  4. Ket disse:

    Lory!!! *_* que saudades!!!
    Bom, eu sei bem como é…qnd nosso coração teima por uma música não adianta. É ela! Teu corpo vai dançar melhor, pq é a música que a tua alma reconhece!
    Aposta no baladi se te faz tão bem! =)
    beijo grande!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s