Deu a doida

Deu a doida número 1:

Deu a doida nº 2:

Tá. Não há primor, nem nada encantador. Mas ri muitooooooooooooooooo e confesso descaradamente: já tive vontade de fazer uma performance bellydance com “killing me softly”!

Confesse aqui os seus pensamentos mais enlouquecidos sobre performances bellydancers, vai!? Vai dizer que nunca teve um?

Anúncios

Sobre lorymoreira

Baiana, blogueira e apaixonada por música e dança árabe!
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , . Guardar link permanente.

10 respostas para Deu a doida

  1. tribalbahia disse:

    Iiiiii Lory, vivo tendo pensamentos enlouquecidos, minha sorte é que eu penso muito e realizo pouco, rs
    Beijo

    • tribalbahia disse:

      Minhas loucuras foram pouquinhas, O bolero de Ravel e A rainha da noite em grupo e um solo de Casa Pré-fabricada, maas o meu sonho é dançar Bacchiana/Villa-Lobos.
      Depois de me ver dançar ao som de Betty Boop (Hellen Kane) me diz: eu sou ou não sou piradinha???

  2. Carol Murad disse:

    Aqui na Ju a gente faz muito disso, a exemplo das “Noites no Além” da KK. Já teve de tudo, de heavy metal a sertanejo, e a maioria dessas danças foi muito interessante. Acho que é legal, libera mais a criatividade e sai um pouco daquela rigidez do tradicional.

    =****************************

  3. Vivi disse:

    kkkkkkkk, mas quem disse que eu não faço isso????????????
    Procura aí uma música chamada “Video killed the radio star”. É meu sonho. Ainda vou me apresentar com essa música, e digo mais: nada de roupa tradicional, vai ser uma coisa anos 80!
    A Suhaila ficou perfect! Ficou parendo propagando daquelas boates menos familiares, hehehe…E ó, curti a ideia de Bette Davis eyes, a música tem umas batidas legais, dá pra fazer uns tranquinhos boooooons, pena que no video da Noura a pessoa não se atentou à isso.
    Falando nisso… Já dançou ‘Xoelma”? Experimenta!
    bj, flor!

  4. Shaide Halim disse:

    Eu sou tão doida quanto elas, portanto, não me sobraram vontades. Matei todas. SEmpre dancei dv com músicas diferentes mesmo, então, cada música que me dava vontade de dançar, eu ia lá e me acabava, sem susto! rsrsrrs

  5. Samara disse:

    Verdade, a performance das moças deixou a desejar. Falta leitura musical e a Noura esqueceu inclusive de interpretar a música. Falando nisso, ainda que consigam executar, acho que as americanas nunca vão entender para que serve o shimmie. Tadinhas. Enfim.

    Por outro lado, a idéia de performances bellydance com músicas ocidentais me motiva MUITO. Não só tenho uma série de pensamentos malucos a esse respeito como hei de executar alguns. Meus tops:

    -Diabo no Corpo – Lenine e Pedro Abrunhosa (não só quero como VOU. Ah, se vou!)
    -Dois Olhos Negros – Lenine com bateria de Igor Cavallera
    -In Dreams – Roy Orbinson
    -aliás, quase tudo do Roy Orbinson
    -Guitarra – Madredeus (essa foi inspiração tua, com aquela ode ao alaúde)
    -Du erinnest mich an liebe – Ich und Ich
    -Akatonbo – tradicional japonesa

    Melhor eu parar por aqui, enquanto você ainda fala comigo.

  6. Elaine disse:

    Flor, pelo que eu notei elas não estavam dançando as músicas de fundo, elas foram colocadas meio que montando um clipe ou qualquer coisa nessa linha.
    A Nura é uma dançarina de dois ou três passos, mas eu curto bastante ela!
    Eu tenho uma pastinha de músicas que ainda dançarei neste estilo “pirou na batatinha”, do tipo: “Devagar, devagarinho” em árabe, Conga da minha diva Gloria Estefan, La Isla Bonita com um arranjo árabe de arrasar, e por aí vai…

  7. Laurinha disse:

    rsrsrs… Realmente, ficou pão com durex as duas apresentações, nada a ver, a impressão é que a música vai pra um lado e elas vão pro outro…
    Eu gosto muito de dançar quando não tô fazendo nada e como fiquei viciada em dança do ventre, às vezes me pego fazendo alguns passos em músicas pop, muitas vezes sem pensar até, rsrs… Foi assim que já me peguei fazendo alguns redondos, básico egípcio, shimmies e cia. enquanto dançava:
    -Losing my religion do R.E.M (não me pergunte como, rsrs)
    -Shimbalaiê da Maria Gadú
    -Hips don’t lie da Shakira (até que a Shakira manda bem nos shimmies, né?)
    -E pasme: Paparazzi da Lady Gaga…
    Depois de tantas fusões, vai ver é a fusão de música dance com bellydance, rsrs… Mas que é divertido, é… rs

    Abçs

  8. Samara disse:

    Todo mundo fala que tem idéias, mas muito poucas dão nome aos bois.
    Só geminiano para dar mesmo a cara a tapa pra valer, né,não?
    Beijos.

  9. Priscila disse:

    sim… confesso… vergonha? não… já pensei em Womanizer sa Britney (sim, eu tenho ondas Pop Transloucada as vezes), já pensei em Kashmir (e quem não pensou????)… Uma vez, eu ouvi de uma mega-master-blaster bailarina: em casa, treina com qualquer música. Encontre as batidas, as melodias e vai, dança… pode ser a música que vc quiser. Ajuda a se soltar, a identificar as mudanças de humor da música e principalmente a criatividade… se ELA que é ela mandou, eu que sou esperta obedeço rsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s