Registro fotográfico da arte que se move

Cecília Sepúlveda clicada por Aristides Alves

Tirar fotografia de dança é um troço pra lá de difícil. Quantas e quantas fotos nós, meros mortais, não tiramos de uma bailarina para apenas uma ou duas ficarem boas?

Saber em que momento a bailarina vai girar ou vai jogar os cabelos para acertar o clique é quase como jogar na loteria – 1 chance em alguns milhões.

Grupo Kairós cantando e dançando - Fotografia de Portela

No entanto, há algumas dezenas de pessoas espalhadas por esse mundo de meu Deus que não são simples mortais com uma excelente máquina nas mãos – são deuses da fotografia.

Marina Chagas por Aristides Alves - só dá ele!

Melhor do que a mera existência deles é quando os nossos caminhos se cruzam, de forma provocada ou acidental, e isso resulta em termos a nossa imagem clicadas por suas lentes.

Como vocês sabem, fui aluna de Bela por alguns anos e fiz parte de um grupo dirigido por ela. Umas das coisas que aprendi nesse período é a importância de se ter um belo registro do momento em que você dançou.

Eu clicada por Aristides Alves

A Bela sempre deu super importância a isso e aprendi com ela a valorizar a fotografia da dança porque a sua dança passa, mas a fotografia é capaz de captar um momento único para sempre.

Tive a honra de ser fotografada em movimento pelas mãos mágicas de Portela e de Aristides Alves. Este último, um mago das lentes! Simplesmente magnífico!

Bia Vasconcelos clicada por Pedro Accioly

Aqui em Salvador temos poucos talentos revelados nessa área e, justamente por isso, eles precisam ser mais valorizados.

Ter uma boa foto de uma dança que você fez é pra lá de especial – marca uma passagem no tempo que nunca mais se repetirá. Por isso, no seu próximo trabalho com um evento de dança, pense melhor e invista num profissional de qualidade. Duvido que você se arrependa.

Anúncios

Sobre lorymoreira

Baiana, blogueira e apaixonada por música e dança árabe!
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

4 respostas para Registro fotográfico da arte que se move

  1. Denise disse:

    Lory, ver as fotos depois de uns dias da aprensentação é uma delícia mesmo. E como você bem disse, a arte de fotografar é pra poucos.
    Sua foto com o figurino amarelo ficou divina, parabéns!

    Lindo post!

  2. LuArruda disse:

    eu tenho a sorte de ter por perto meu primo e fotógrafo IQ Perama! veja a foto do meu canal do youtube, é minha preferida e traduz um momento especial! sou fã dos que conseguemn captar nossa alma em movimento!
    😉

  3. Verinha disse:

    Preciso este post Lory. Desde que comecei a dançar sempre comprei aquele CDzinho do fotógrafo profissional do evento. Olha que meu marido é mega talentoso para fotografia, mas nem o mega talento com uma máquina semi profissional consegue superar o clique mágico do fotógrafo profissional.
    Aqui em São Paulo a grife da fotografia é a Adelita, que pra mim já é uma amiga pessoal, uma profissional maravilhosa a quem tenho muito respeito. E tira cada foto amiga!! Aiaiaiai!!
    Faz toda a diferença ter um registro profissional de um momento tão maravilhoso que é a dança.

  4. Denise disse:

    Em SP a Adelita ARRASA mesmo, Lory! Ela fez um ensaio com a Luana Mello que ficou a coisa mais linda desse mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s