Aulas de dança do ventre: resgatando a ludicidade!

Como o ano só começa depois do carnaval, eis que em Março surgem as novidades: voltei a dar aulas de dança do ventre.

É, eu tinha desistido. Desisti porque o que o mercado pede hoje é uma professora que faça formação de bailarinas e, sinceramente, tem muita gente (mas muita mesmo) bem mais capacitada que eu fazendo isso.

Mas daí que as propostas que pintaram comungaram exatamente com aquilo em que acredito, entendo e sei fazer: aulas de dança do ventre onde o aspecto lúdico e de resgate da auto-estima supere a busca pelo virtuosismo técnico.

E eis que aceitei as propostas e, obrigada universo, estou feliz em dar andamento a elas: porque há espaço para todo tipo de trabalho e há muito mais pessoas que procuram a dança do ventre como forma de fazer um carinho em si mesmas do que meninas que querem se tornar professoras e profissionais.

O primeiro convite veio da Faculdade Livre da Maturidade Olga Mettig, onde a proposta é fazer um trabalho com mulheres na terceira idade. E olha que bacana: esse é justamente um dos públicos que mais gosto de atender enquanto terapeuta ocupacional e a oportunidade de unir essas duas práticas, a dança do ventre e a terapêutica, me deixa realmente entusiasmada!

Clique para melhor visualização

O segundo convite veio de um espaço terapêutico que desejava uma professora com um olhar diferenciado sobre a dança do ventre – eles desejavam um trabalho onde o aspecto lúdico e de resgate do empoderamento da feminilidade pudesse ser o foco. E, novamente, me encantei e aceitei a proposta!

Clique para melhor visualização

Bem: e aqui estou eu, mais uma vez, vestindo o papel da professora. E acredito, mais que isso: vestindo o papel de facilitadora no caminho de mulheres que desejem conhecer melhor a si mesmas, a praticar a dança do ventre e a aprenderem a se divertirem com o corpo que Deus lhes deu!

Venha experimentar e se divertir com a gente!

Curso de Dança do Ventre para Mulheres na Terceira Idade

Todas as quartas das 14 às 15 horas na Faculdade Olga Mettig (Nazaré, Salvador-BA).

Curso de Dança do Ventre para Mulheres de todas as idades, raças e corpos

Todas as segundas no Porto do Ser Espaço Terapêutico (Stella Mares, Salvador-BA).

Contatos:

Lory Moreira

8799-2804 / lorymoreira@yahoo.com.br

Anúncios

Sobre lorymoreira

Baiana, blogueira e apaixonada por música e dança árabe!
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

7 respostas para Aulas de dança do ventre: resgatando a ludicidade!

  1. Amiga que lindo post!!! estou muito feliz em saber que vc voltará a dar aulas e fazer a alegria de outras tantas mulheres através da dança do ventre. O mundo bellydance atualmente anda realmente desestimulante e massacrante com que não se encaixa milimetricamente nos seus padrões de beleza corpo figurino selo de qualidade certificados e etc… No final do ano passado acho que entrei em crise sabe, começei a rever todos os meus conceitos sobre o que é a dança do ventre pra mim, o que era quando iniciei meus estudos, o que era quando tomei a decisão de me tornar professora, sabemos que este momento é muito intenso e nos consome em tantos pensamentos né, mas no final da tempestade…estamos aqui!!! mais fortes, mais conscientes do que queremos da dança em nossa vida, mais conscientes sobre qual a nossa proposta de trabalho e conceito para nossas aulas e é incrível como as pessoas certas e conectadas ao nossa proposta começam a vir até nós, o universo é perfeito né amiga…
    A partir deste ano eu resolvi criar duas proposta de trabalho para meu studio de dança, uma direcionada ao que mais gosto, que é a dança pela dança, a dança por nós mesmas, para a alma sabe, autoestima, mais alegria na vida, interação com outras mulheres, trocas de energia e experiências de vida, amizade… Já a outra é direcionada para as que querem se aprofundar no estudo da dança, folclore e cultura árabe, técnica, as que querem os palcos, e mesmo as que não queiram se tornar bailarinas profissionais, apenas saber dançar muito bem mas para si mesmas…
    Sabe, depois que eu mesma me achei me sinto muito melhor, pois os estresses com alunas acabarão, creio que conseguirei atender as expectativas de cada uma e as minhas também, antes da matrícula eu já falo sobre as duas propostas e cada uma escolhe a que quer para si.
    E depois da tempestade… sobrevivemos…sempre…

    Bjsss

  2. Lucy Linck disse:

    Viu só? Os convites vieram praticamente juntos…a vida segue seu curso natural, sempre para o melhor.
    Beijos, e muito sucesso! 🙂

  3. Carla disse:

    Bom é que vc deixa claro o que faz e o que gosta de fazer, tem gente que enrola…
    Beijos!

  4. Fernanda disse:

    Realmente é incrível como é perfeito o Universo.
    Adorei o seu post, sou praticante e amante da dança do ventre e desde que iniciei os meus estudos tenho como objetivo melhorar a mim mesma e transmitir isso para as pessoas. Hoje mais do que nunca tenho vontade de ser uma facilitadora para mulheres que desejam evoluir, de todas as formas.

    Beijos

    • lorymoreira disse:

      Que bom saber que meu post, de alguma forma, tocou no seu desejo de partilhar esse bem-estar e seu conhecimento com outras pessoas! Um abraço, Fernanda!

  5. Pamella disse:

    Oi Lory, também sou Terapeuta Ocupacional e também uso a dança do ventre como recurso terapêutico! Pretendo pesquisar sobre! Espero que possamos trocar figurinhas! Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s