Mais um clichê

Infelizmente, nem tudo pode ser transformado em palavras. Digo isso porque o que eu queria realmente escrever para vocês hoje diz respeito a uma sensação, ao prazer de presenciar um momento onde uma mulher de mais de 60 anos, que nunca fez nenhum tipo de dança na vida, se encontra consigo mesma na sala de aula de dança do ventre. E daí que eu fico pensando em como a gente perde tempo com coisas insignificantes…

O mundo lá fora é cruel, mas dentro de cada uma de nós existem inúmeras possibilidades de felicidade. E dançar pode ser uma delas. Na realidade, mais do que dançar: é descobrir que a gente pode se expressar com o próprio corpo independente do peso, das rugas, dos sinais… E é bonito ver esse encontro de alguém consigo mesmo!

Sinto-me honrada pela oportunidade de facilitar esse encontro e re-aprendo constantemente que dançar é isso: um encontro do corpo com a alma. E isso parece tão clichê! E muito mais bonito de ser visto do que de ser lido!

Anúncios

Sobre lorymoreira

Baiana, blogueira e apaixonada por música e dança árabe!
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Mais um clichê

  1. LuArruda disse:

    que sensível, Lory… lindo… esse tipo de sensação é o que fica, o que faz valer tudo

  2. Carla disse:

    Que bom que vc vê, porque tem gente que presencia milagres e nem percebe.

  3. Vivi disse:

    Conte mais sobre o que vc descobre junto dessas mulheres, amiga… conta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s